Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/280
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorRibeiro, Daiane Maria dos Santos-
dc.date.accessioned2019-08-16T16:36:47Z-
dc.date.available2019-08-16T16:36:47Z-
dc.date.issued2015-
dc.identifier.citationRIBEIRO, D. M. S. Textos de divulgação científica: uma estratégia para promover uma melhoria da visão acerca do trabalho científico. Monografia (Licenciatura em física) - Instituto Federal de educação, ciência e tecnologia do sertão pernambucano, Campus Salgueiro, Salgueiro - PE, 58F., 2015pt_BR
dc.identifier.urihttp://releia.ifsertao-pe.edu.br:8080/jspui/handle/123456789/280-
dc.descriptionTrabalho de Conclusão de Curso apresentado a Coordenação do curso de Licenciatura em Física do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano, campus Salgueiro, como requisito parcial à obtenção do título de licenciado em Física.pt_BR
dc.description.abstractEste trabalho é resultado de uma pesquisa quali-quantitativa sobre as compreensões epistemológicas dos estudantes da turma 2012.1 de física do IF Sertão e de professores de ciências da educação básica em Salgueiro - PE sobre o conhecimento científico. Para investigação preliminar na primeira etapa, foi adotado o questionário VNOS-C (Views of Nature of Science - modelo C), apresentado por (ABD-EL-KHALICK, 1998) que buscou avaliar as concepções que os estudantes tinham a respeito do trabalho científico e em seguida foi realizada uma entrevista com os professores da educação básica para estudar as suas compreensões sobre a natureza da ciência. Os dados foram apresentados através de categorias baseados na respostas dos entrevistados, depois foi feita uma análise quali-quantitativa destas definições. Os resultados iniciais apontaram um domínio da visão empírico indutivista, elitista, pragmática e rígida tanto em professores como em estudantes. A partir daí, na segunda etapa foram testados o uso didático de artigos de divulgação científica que continham abordagens explícitas e implícitas a respeito da natureza da ciência com o objetivo de promover a estes futuros professores visões mais coerentes acerca da natureza da ciência. Os resultados iniciais se mostraram satisfatórios na desmistificação de algumas das visões deformadas amplamente assinaladas pelos estudantes, no entanto, na semana seguinte a leitura e os debates, quando os estudantes responderam novamente ao questionário VNOS-C foi percebido o "retorno" de algumas das concepções distorcidas da natureza das ciências. Os resultados apontam para uma mudança nas concepções de estudantes sobre a natureza da ciência, depois da estratégia de intervenção, mas o hábito de ler e debater os textos de divulgação científica não é uma condição suficiente para que os alunos superem as concepções que estão epistemologicamente arraigadas, se configura apenas como parte do processo.pt_BR
dc.subjectConcepções epistemológicas - Estudantes e professorespt_BR
dc.subjectDivulgação científicapt_BR
dc.subjectEnsino de ciênciaspt_BR
dc.titleTextos de divulgação científica: uma estratégia para promover uma melhoria da visão acerca do trabalho científicopt_BR
Appears in Collections:Licenciatura em Física (Campus Salgueiro)



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

Admin Tools