Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/205
Title: Conservação pós-colheita de biri-biri (Averrhoa bilimbi L.) com revestimentos comestíveis a base de amido e gelatina
Authors: Costa Filho, Djalma Vitorino
Keywords: Oxalidaceae
Revestimentos comestíveis
Biri-biri - pós colheita
Averrhoa bilimbi L.
Issue Date: 2018
Citation: COSTA FILHO, D. V. Conservação pós-colheita de biri-biri (Averrhoa bilimbi L.) com revestimentos comestíveis a base de amido e gelatina. Relatório de Estágio (Tecnologia em Alimentos) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano (IF Sertão PE) / Campus Salgueiro, Salgueiro, PE, 48f. 2018
Abstract: O biri-biri (Averrhoa bilimbi L.) pertencente à família das Oxalidaceae, assim como a carambola (Averrhoa carambola L.) entretanto diferentes no sabor, características físicas e utilização, é bastante cultivado e utilizado em países de clima tropical. Têm provavelmente sua origem nas Ilhas Molucas e cultivado no sudeste asiático, em países como Índia, Malásia, Tailândia e países da América do Sul, incluindo o Brasil. O amido é um polissacarídeo constituído basicamente por dois polímeros de α-D-glicose: a amilose e a amilopectina, que se ligam através da condensação enzimática que ocorre predominantemente entre átomos de carbono 1 e 4 e ocasionalmente entre átomos de carbono 1 e 6 (MARCON et al., 2007; MANNERS, 1989). A gelatina é um polímero natural que consiste de uma mistura de proteínas de origem animal, solúvel em água quente, glicerol e ácido acético, embora não seja encontrada in natura pode ser obtida a partir de colágeno por desnaturação térmica e ação hidrolítica (INAMURA, 2008). Diante das condições apresentadas o presente trabalho teve como objetivo avaliar as características de conservação dos frutos de biri-biri (Averrhoa bilimbi L.) submetidos a diferentes concentrações de revestimento comestível de amido e gelatina, verificando a manutenção das variáveis de qualidade: físicas e físico-químicas durante o armazenamento. Os frutos de biri-biri (Averrhoa bilimbi L.) foram revestidos em biofilmes de amido e gelatina, em concentrações de 5%, 10%, 15% e, 2%, 3% e 4%, respectivamente. Armazenados em triplicata em BOD a uma temperatura de 25°C e analisados físico e físico-quimicamente a cada três dias durante dezoito dias de armazenamento. A análise estatística foi realizada em esquema fatorial (2 x 3 x 7). Para comparação entre as médias foi utilizado o teste de Tukey a 5% de significância, utilizando o programa ASSISTAT versão 7.7 beta. O presente estudo leva-nos a recomendar o uso do filme de Amido 5% como filme na conservação do Biri-biri (Averrhoa bilimbi L.). Para trabalhos futuros recomenda-se um controle da umidade da BOD, realização de um planejamento fatorial sob o filme de amido 5% e realização de testes com o filme de gelatina aumentando a concentração da mesma.
Description: Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao curso de Tecnologia de Alimentos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano, campus Salgueiro, como requisito parcial à obtenção do título de Tecnólogo em Alimentos.
URI: http://releia.ifsertao-pe.edu.br:8080/jspui/handle/123456789/205
Appears in Collections:Tecnologia em Alimentos (Campus Salgueiro)



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.