Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/696
Title: Avaliação do desempenho da cebola SERENA F1 sob diferentes concentrações de fertilizante PUMMA
Authors: Silva, Rangel Ferreira da
Keywords: Cebola
Cultivo
Fertilizante
Osmorregulador
Issue Date: 2021
Citation: SILVA, Rangel Ferreira da. Avaliação do desempenho da cebola SERENA F1 sob diferentes concentrações de fertilizante PUMMA. TCC (Bacharelado em Agronomia) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano, Campus Petrolina Zona Rural, Petrolina, PE, 34 f., 2021.
Abstract: A cebola é uma das principais olerícolas produzidas no Nordeste brasileiro, sendo uma boa parte em regiões semiáridas com altas temperaturas e escassez de água, tornando-se necessário o uso eficiente da água, ou seja, produzir o máximo com a menor quantidade de água possível. Para isso, pode-se fazer uso de produtos que regulam o processo osmótico e consequentemente as plantas utilizam a água de forma mais eficiente. Diante disto, o objetivo deste trabalho foi avaliar o desenvolvimento e a produção de cebolas sob diferentes concentrações do fertilizante PUMMA. O experimento foi conduzido em propriedade comercial no munícipio de João Dourado-BA. A semeadura da cebola SERENA F1 foi realizada de forma mecanizada, semeio direto, no espaçamento de 0,10 x 0,12 cm. Iniciou-se a aplicação do fertilizante PUMMA 15 dias após a emergência feita via solo e procedeu durante cinco semanas. A partir da primeira aplicação do fertilizante PUMMA, deu-se início a coleta de dados de altura e número de folhas, as quais foram feitas mensalmente até o momento da colheita, selecionando-se 10 plantas por tratamento. Fez-se a colheita de 10 plantas por unidade experimental aos 98 dias após a emergência e avaliou-se diâmetro do bulbo, sólidos solúveis, massa fresca dos bulbos e classificação por caixa. O experimento em campo foi montado com delineamento em blocos casualizados em esquema fatorial 6 concentrações (0,0; 1,0; 1,5; 2,0; 3,0; 3,5 kg ha-1 do fertilizante PUMMA) x 3 coletas (0, 30 e 60 dias após a aplicação do fertilizante PUMMA) e 4 blocos. Cada unidade experimental com 1,2 x 3 m separadas por 2 metros entre cada tratamento e unidade amostral de 10 plantas selecionadas ao acaso nas fileiras centrais da parcela por tratamento. Os dados obtidos não se mostraram estatisticamente diferentes em relação às diferentes concentrações do fertilizante PUMMA, aplicado na variedade SERENA F1, apenas houve diferença estatística para a altura de plantas e número de folhas em função do tempo de avaliação, evidenciando o crescimento das plantas. Obteve-se médias de 13,21 cm, 43,12 cm e 50,30 cm para altura média das folhas, e média de 2,90, 6,59 e 7,48 folhas por plantas, para 0, 30 e 60 dias após a primeira aplicação do fertilizante PUMMA, respectivamente. A massa fresca dos bulbos da cebola SERENA F1 variou de 97,5 a 109,21 g. Já o diâmetro transversal dos bulbos variou de 54,0 a 56,06 mm, tendo média geral de 54,83 mm, o que levou aos bulbos terem uma classificação média geral como caixa 3, sendo esta classificação a que teve maior percentual em todos os tratamentos. Quanto a variável Sólidos Solúveis variou de 6,00 a 6,09ºBrix, tendo média geral entre os tratamentos de 6,03ºBrix. Nos dados obtidos para a cultivar SERENA F1 o fertilizante PUMMA não influenciou no crescimento da planta e na produção dos bulbos da cebola.
URI: https://releia.ifsertao-pe.edu.br/jspui/handle/123456789/696
Appears in Collections:Bacharelado em Agronomia (Campus Petrolina Zona Rural)



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.