Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/833
Title: Comportamento do híbrido mavuno (B. brizantha x B. Ruziziensis) submetido a diferentes frequências e intensidades de corte
Authors: Oliveira, Maicon Silva de
Keywords: Forragens
Adubação
Capim Mavuno
Issue Date: 2021
Citation: Oliveira, Maicon Silva de. Comportamento do híbrido mavuno (B. brizantha x B. Ruziziensis) submetido a diferentes frequências e intensidades de corte. TCC (Bacharelado em Agronomia) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano, Campus Petrolina Zona Rural, Petrolina, PE, 44 f., 2021
Abstract: O objetivo do presente estudo foi avaliar as correlações de variáveis morfológicas e produtivas do híbrido Mavuno submetido a diferentes frequências e intensidades de corte. O trabalho foi realizado em uma área experimental no IF Sertão-PE/Campus Petrolina Zona Rural, no período de agosto de 2019 a agosto de 2020. No plantio utilizou-se para a taxa de semeadura de 12 kg/ha, semeados a 2 cm de profundidade, em sucos espaçados com 20 cm entre eles. Para correção da fertilidade, foi aplicado 30 kg de P2O5/ha por ocasião do plantio, e 120 kg de N/ha em cobertura, conforme Recomendações de Adubação para o Estado de Pernambuco (2008). O delineamento experimental foi distribuído em bloco casualizados 3 x 2, sendo três frequências de corte (25, 30 e 35 dias) e duas intensidades de corte (10 e 20 cm), com quatro repetições, totalizando 24 parcelas experimentais. As variáveis analisadas foram, h- altura (cm); D- Desejabilidade; PA- Intensidade de pragas; DO- Doenças; I- Inflorescência; EC- Espessura do colmo (mm); PI- Pilosidade; SD%- Porcentagem de solo descoberto; FS- folha senescente (g); PMV/há- Produção de matéria verde por hectare; PMS/ha- Produção de matéria seca por hectare; PF (MV)/ ha- Produtividade da folha em matéria verde; PF (MS)/ ha- Produtividade da folha em matéria seca; % MSF- Porcentagem da matéria seca da folha; N°B- Número de perfilhos basais; N°A- Números de perfilhos axilares; %MS- Porcentagem de matéria seca; F/C- Relação folha/colmo. Os dados foram submetidos à análise de variância e as médias comparadas pelo teste de Tukey a p<0,05, analisados pelo Programa GENES. Concluiu-se que para as características que deram significância a melhor frequência de corte foi aos 35 dias e a melhor intensidade de corte foi com 20 cm. Logo, o híbrido Mavuno se mostra uma importante fonte de forragem, principalmente em manejo irrigado com alto potencial produtivo e resistente a praga.
URI: https://releia.ifsertao-pe.edu.br/jspui/handle/123456789/833
Appears in Collections:Bacharelado em Agronomia (Campus Petrolina Zona Rural)



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.